Papa pede fim de ataques a cristãos na Nigéria

O papa Bento 16 pediu nesta quarta-feira o fim imediato do que chamou de "ataques terroristas" a cristãos na Nigéria.

O pontífice também solicitou aos dois lados envolvidos no conflito a evitar represálias.

O apelo de Bento 16 ocorre após dias de intensa violência na cidade de Kaduna, no norte da Nigéria, onde ataques a bombas a igrejas pelo grupo islamita Boko Haram têm provocado embates entre cristãos e muçulmanos.

Há outro conflito em curso na cidade de Damaturu, também localizada no norte do país, onde forças de segurança entraram em confronto com militantes do Boko Haram.

Na última terça-feira, a Associação Cristã da Nigéria acusou o grupo de declarar guerra contra cristãos.