Suposto militante da al Qaeda faz quatro reféns em banco na França

Um homem que se diz militante da rede islâmica extremista Al Qaeda fez quatro reféns em um banco na cidade de Toulouse, no sul da França.

Ele teria feito um disparo dentro do estabelecimento e exigido falar com a divisão de elite da polícia que matou Mohamed Merah, em Toulouse, em março deste ano.

Merah também se dizia ser um militante da Al Qaeda e matou sete pessoas em março deste ano, entre elas três crianças judias. Ele acabou sendo morto por policiais que cercaram a sua residência.

A polícia francesa disse não ter certeza de que o homem que está mantendo os reféns no banco seja de fato um integrante da Al Qaeda e afirmou que ele só se identificou dessa forma após ter tido frustrada a sua tentativa de assaltar o estabelecimento.