Piloto da Aeronáutica da Síria deserta após aterrissar caça de guerra na Jordânia

Um porta-voz do governo da Jordânia confirmou nesta quinta-feira que um piloto de um caça de guerra da Aeronáutica da Síria desertou após fazer uma aterrissagem de emergência no país.

De acordo com o governo da Jordânia o caça Mig 21 pouso em uma base no norte do país.

Mais cedo, a TV estatal síria confirmara que as autoridades do país tinham perdido contato com uma aeronave militar em treinamento.

O piloto foi identificado de forma preliminar como coronel Hassan Mari Hamada e não ficou claro se havia mais alguém no avião.