Suspeitos de tiroteio em aeroporto do México seriam policiais, dizem autoridades

Policiais estariam envolvidos na morte de três colegas durante o tiroteio ocorrido no aeroporto internacional da Cidade do México na última segunda-feira, informaram autoridades mexicanas.

Segundo as investigações em curso, dois policiais federais, que trabalhariam para traficantes de drogas, são suspeitos de terem aberto fogo contra colegas quando foram abordados no local.

Os acusados já foram identificados, mas continuam foragidos, acrescentou a polícia.

Segundo o ministro de Segurança Pública do México, Genaro García Luna, os policiais federais fariam parte de um esquema internacional de tráfico de cocaína envolvendo oficiais de várias agências governamentais que trabalham no aeroporto.