Conflito sírio está piorando, diz chefe da missão da ONU

O chefe da missão de paz da ONU para a Síria disse nesta terça-feira que o conflito no país está piorando, com aumento do perigo para civis e monitores das Nações Unidas impossibilitados de retomarem seus trabalhos.

Herve Ladsous fez as declarações no Conselho de Segurança da ONU no mesmo dia em que ocorreram violentos combates nos arredores da capital síria, Damasco.

Ambos os lados dizem que dezenas de pessoas foram mortas em choques na capital e outras cidades do país.

Monitores da ONU interromperam sua missão há dez dias por falta de segurança.