Turquia muda diretrizes militares para a Síria

Aviões sírios que se aproximarem da fronteira turca vão ser considerados alvos militares, disse nesta terça-feira o premiê da Turquia, Tayyip Erdogan.

A declaração é uma resposta ao incidente da semana passada, no qual forças sírias derrubaram um avião militar turco.

A Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte, a aliança militar ocidental) disse condenar nos termos mais duros o incidente.

O secretário-geral da entidade, Anders Fogh Rasmussen, afirmou que a Síria desrespeitou normais internacionais de paz e segurança.