Presidente do conselho do Barclays renuncia após escândalo

O presidente do conselho de um dos maiores bancos do mundo, o Barclays, deve renunciar ao cargo na segunda-feira após revelações que seus funcionários manipulavam a London Interbank Offered Rate (Libor), uma das principais referências de juro no mundo.

Segundo analistas da BBC, Marcus Agius reconhece em sua carta de demissão que o escândalo é um duro golpe na reputação do banco e que o comportamento de sua equipe foi inaceitável.

O Barclays foi multado em US$ 500 milhões na semana passada por causa da manipulação.

O escândalo levou a apelos por reformas em todo o setor bancário.