Parlamento Europeu vota contra polêmica lei anti-pirataria

O Parlamento Europeu rejeitou o Acordo Comercial Anticontrafação (Acta, na sigla em inglês).

O acordo seria uma tentativa de barrar a pirataria, mas ativistas da Internet afirmavam tratar-se de uma ameaça às liberdades online.

A votação que rejeitou o Acta seguiu uma tentativa frustrada de adiar a decisão por causa de investigações em curso no Tribunal Europeu de Justiça.

O parlamentar europeu David Martin disse: "É hora de dar ao Acta o último Adeus."

O Acta propunha padrões internacionais referentes a propriedade intelectual, mas era criticado por supostamente defender os interesses de países desenvolvidos.