Onda de calor mata mais de 40 pessoas nos EUA

Pelo menos 42 pessoas morreram em consequência de uma onda de calor em dez Estados americanos desde o meio-oeste até a costa do Atlântico.

As temperaturas, que atingiram recordes históricos em diversas cidades na sexta-feira e no sábado, destruíram colheitas e estradas e deformaram trens.

Espera-se que o clima seja mais ameno neste domingo, mas há receio de que as regiões atingidas pela onda de calor tenham fortes tormentas em seguida.

Muitas casas na região afetada estão sem eletricidade em consequência de uma tempestade que aconteceu há uma semana.

De acordo com a mídia local, algumas das vítimas das altas temperaturas foram idosos que não conseguiram sair de suas casas e haviam ficado sem ar-condicionado por causa da queda de energia.

Em Chicago cerca de 10 mortes teriam sido causadas pelo calor, e outras 10 em Virginia e Maryland. Nos Estados de Wisconsin, Ohio, Pensilvânia e Tennessee também houve vítimas.