Ex-executivo do Barclays aceita reduzir bônus após escândalo

O banco Braclays disse nesta terça-feira que seu diretor Bob Diamond, que se demitiu por causa de um escândalo de manipulação de taxas de juros, concordou em reduzir seu bônus anual.

Em vez de cerca de US$ 30 milhões, o executivo deve receber US$ 3 milhões.

Diamond nega envolvimento pessoal com o esquema de manipulação, pelo qual o banco foi multado em quase US$ 500 milhões.