Homem-bomba ataca academia de polícia no Iêmen

Ao menos 10 pessoas morreram quando um extremista detonou explosivos presos ao corpo em frente à academia de polícia iemenita, em Sanaa.

Além das vítimas fatais, a explosão deixou pelo menos 20 feridos. O homem-bomba chegou a ser socorrido e levado a um hospital, mas também morreu.

O ataque aconteceu quando centenas de cadetes, a maioria jovens, deixavam o local após o expediente.

Nenhuma organização reivindicou o atentado. Em maio o ataque de outro homem-bomba, ligado à rede Al-Qaeda, durante uma parada militar deixou dezenas de mortos em Sanaa.