Suicida explode político afegão em festa de casamento

O conhecido parlamentar afegão de origem uzbeque Ahmad Khan Samangani foi alvo de um ataque suicida durante a festa de casamento da filha neste sábado na província de Samangan, no norte do Afeganistão.

Samangani e cerca de outras 20 pessoas morreram no atentado executado por um homem-bomba na cidade de Aybak.

Direito de imagem BBC World Service
Image caption Ahmad Khan Samangani foi um dos comandantes da guerrilha mujahideen durante a guerra civil afegã

O assassino se passou por convidado e chegou a abraçar Samangani antes de detonar seus explosivos.

Um porta-voz do Talebã afastou a participação do grupo no atentado.

Ahmad Khan Samangani foi um dos comandantes da milícia mujahideen durante a guerra civil no Afeganistão, na década de 80.

Ele era um conhecido simpatizante do presidente afegão, Hamid Karzai, e rival do general Abdul Rashid Dostum, um influente comandante da época da guerra civil no norte.

O general Dostum é hoje um dos mais populares políticos uzbques, de acordo com o repórter da BBC em Cabul Bilal Sarwary.

Samangani se elegeu para o parlamento do Afeganistão no ano passado, substituindo um dos vários políticos que expulsos pela Comissão Eleitoral Independente, que afirmou ter detectado fraude nas eleições parlamentares de 2010.