Obama lamenta ataque a cinema no Colorado

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, lamentou nesta sexta-feira o ataque a um cinema em Aurora, no estado americano do Colorado, que resultou na morte 12 pessoas e deixou outras 40 feridas.

"Faremos tudo o que for possível para levar o responsável desse terrível ataque à Justiça", disse Obama.

O suspeito do massacre foi identificado pela polícia como James Holmes, de 24 anos, natural do Tennesse.

"Talvez nunca possamos entender o que leva uma pessoa a tirar a vida de outra; é algo sem sentido, cruel", afirmou o presidente dos EUA.

Obama também pediu alguns minutos de silêncio em homenagem às vítimas da tragédia.

"Muitos aqui, também pais, devem ter tido a mesma reação que eu quando ouvi a noticia. Minhas filhas também vão ao cinema, como tantas de nossas crianças. Eu e Michelle vamos abraçá-las com mais emoção nesta noite. Outros pais não terão a mesma sorte. Mas eles devem saber que estaremos ao lado deles, dando apoio", declarou.