Crianças são usadas como soldados e escudos na Síria, diz organização britânica

A organização de caridade britânica War Child afirmou neste domingo que todos os envolvidos no confronto na Síria estão atingindo crianças do país.

Segundo a War Child, crianças sírias estão sendo alvo de execuções, sofrendo ferimentos graves, sequestros e estupros.

A organização também acusou os envolvidos no conflito sírio de alistar crianças para lutar como soldados e usá-las como escudos humanos.

Os responsáveis pela avaliação da situação das crianças sírias afirmam que nenhuma criança está segura no país, incluindo o número estimado de 2 milhões na capital, Damasco.

A organização pediu à comunidade internacional que classifique os abusos contra crianças sírias como crimes de guerra e tome medidas para salvar as vidas destas crianças.

A War Child afirma que esta é a primeira avaliação ampla do efeito da crise síria na vida das crianças do país.