Ativista contra caça de baleias foge da Alemanha

Paul Watson é fundador da organização ativista Sea Shepherd, que já se envolveu em açõe polêmicas (AFP) Direito de imagem BBC World Service
Image caption Paul Watson é fundador da organização ativista Sea Shepherd, que já se envolveu em açõe polêmicas

O ativista canadense que luta contra a caça às baleias Paul Watson fugiu da Alemanha, onde estava em liberdade condicional depois de pagar fiança.

Watson é o fundador da organização ativista Sea Shepherd e foi detido na Alemanha em maio depois que o governo da Costa Rica emitiu um mandado para sua prisão.

Ele foi acusado de colocar em perigo a tripulação de um navio da Costa Rica que estava caçando tubarões em 2002.

O ativista estava em liberdade condicional depois de pagar uma fiança de 250 mil euros (cerca de R$ 617 mil) e tinha que se apresentar regularmente para as autoridades alemãs enquanto o pedido de extradição para a Costa Rica era analisado.

A Justiça de Frankfurt ordenou a prisão de Watson. Mas, o advogado do ativista teria afirmado que "ele deixou a Alemanha e seu destino é desconhecido".