Kofi Annan renuncia a posto de enviado para a Síria

Kofi Annan não prosseguirá no posto de enviado especial da ONU e da Liga Árabe para a Síria, segundo anunciou nesta quinta-feira o secretário geral da ONU, Ban Ki Moon.

Por meio de um comunicado, Ban disse que Annan decidiu não renovar seu mandato que termina em 31 de agosto.

Ban disse desejar expressar sua mais profunda gratidão pelo trabalho de Annan, a quem sucedeu no posto de secretário geral da ONU, durante a crise síria.