Imagens de satélite reforçam preocupação com situação em Aleppo

Conflito na Síria Direito de imagem Reuters

A Anistia Internacional manifestou nesta terça-feira preocupação com os habitantes da cidade síria de Aleppo, após uma série de imagens de satélites revelar a presença de mais de 600 novas crateras nas cercanias da cidade.

A organização de direitos humanos diz acreditar que essas crateras tenham sido causadas por armamento pesado usado nos confrontos entre rebeldes e forças do governo em uma cidade próxima, Anadan.

A Anistia Internacional diz que tanto o governo sírio quanto os rebeldes poderão ser responsabilidados penalmente por não proteger a população civil.