Economia britânica deve registrar crescimento zero em 2012, prevê Banco Central

O Banco da Inglaterra, a autoridade monetária britânica, cortou nesta quarta-feira sua projeção de crescimento da economia britânica de 0,8% previsto em maio passado para zero em 2012, devido à intensificação dos efeitos da recessão econômica.

Há um ano, a previsão era de que a economia britânica cresceria 2% neste ano.

A divulgação dos dados aumentou as pressões para um novo corte na taxa de juros, mas o presidente do BC britânico, Mervyn King, descartou a possibilidade de qualquer redução a curto prazo.

King afirmou que a esperança de uma retomada foi aos poucos sendo descartada nos últimos meses.

"O panomara geral é que a produção tem sido muito baixa nos últimos dois anos, o que reduziu nossas expectativas de recuperação", afirmou King, durante uma coletiva de imprensa.