Climas extremos impactam preço de alimentos ao redor do mundo

Os picos e alterações sazonais do clima em diferentes países vêm impactando o preço de alimentos ao redor do mundo, informam as Nações Unidas.

De acordo com a entidade os preços subiram 6% em julho.

A ONU teme uma crise semelhante à de 2007-2008, que acabou atingindo de forma mais severa os países mais pobres do mundo.

Entre os picos climáticos estão chuvas em excesso e fora de época no Brasil, seca nos Estados Unidos e dificuldades de produção na Rússia. A demora da chegada das monções, como é conhecida a época de chuvas na Índia, e a escassez de chuvas na Austrália também contribuíram para a alta.

Os preços de cereais aumentaram em 17% e do açúcar 12%.

As dificuldades no Brasil, maior produtor de cana de açúcar do mundo, são o principal fator por trás da alta do preço da commodity.