Acusados de ferir adolescente que vendeu rim em troca de iPhone e iPad são julgados

Nove pessoas foram a julgamento nesta sexta-feira na China acusadas de ferir intencionalmente um adolescente que vendeu um de seus rins em troca de dinheiro para comprar um iPhone e um iPad.

A agência de notícias Xinhua informou que vários dos acusados, entre os quais um cirurgião, ganharam algumas centenas de dólares com o acordo.

O jovem, de 17 anos, recebeu US$ 3,5 mil (R$ 7 mil) depois de deixar o hospital.

O advogado do adolescente, que sofre de insuficiência renal desde a cirurgia, exige uma indenização dos envolvidos.