STF retoma julgamento do mensalão com voto de revisor

Atualizado em  22 de agosto, 2012 - 14:48 (Brasília) 17:48 GMT

Os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) retomam nesta quarta-feira o julgamento do mensalão com o voto do revisor Ricardo Lewandowski.

Segundo a Agência Brasil, ele afirmou que abordará todos os pontos levantados pelo ministro relator, Joaquim Barbosa. Lewandowski estima que a leitura de seu voto se estenda por toda a sessão desta quarta-feira.

O STF considerou improcedente uma petição feita pelos advogados dos réus contra a realização do julgamento de forma fatiada.

Assim, todos os ministros devem votar por capítulos, exceto o ministro César Peluso, que pode antecipar seu voto e apresentá-lo por completo.

A antecipação é discutida no órgão pois Peluso se aposentará compulsoriamente no próximo dia 3 ao completar 70 anos. Ele seria o quinto ministro a votar e poderia não ter tempo de participar.

Anteontem, Barbosa concluiu a parte de seu voto que trata dos fatos que envolvem a DNA Propaganda e o Banco do Brasil.

Segundo a Agência Brasil, ele votou pela condenação dos réus Marcos Valério, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach pelos crimes de peculato e corrupção ativa, e do réu Henrique Pizzolato pelos crimes de peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.