Angola extradita chineses presos no país

Atualizado em  25 de agosto, 2012 - 09:12 (Brasília) 12:12 GMT

Angola extraditou 37 cidadãos da China que estavam presos no país por crimes contra outros chineses.

Os crimes incluíam sequestro, extorsão, assalto à mão armada e forçar mulheres à prostituição.

Uma força de polícia especial foi enviada da China para Angola para trabalhar com a polícia local na investigação sobre as gangues chinesas.

O Ministério de Segurança Pública da China afirma que doze grupos foram desmantelados e disse que é a primeira vez que a polícia local realizou uma ação de tão grande escala contra criminosos que atuam na África.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.