Colômbia deve suspender prisão de guerrilheiros ligados a processo de paz

Atualizado em  4 de setembro, 2012 - 19:33 (Brasília) 22:33 GMT

O procurador-geral da Colômbia, Eduardo Montealegre, afirmou nesta terça-feira que deverão ser suspensos os mandados de prisão contra guerrilheiros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) que integrarem as negociações de paz.

De acordo com o jornal El Espectador, Montealegre disse que a medida valeria para todas as ordens de prisão: "Não importa se forem internacionais ou se estão relacionadas com crimes contra a humanidade."

"O presidente (da Colômbia, Juan Manuel dos Santos) deve reconhecer os representantes nomeados pelos guerrilheiros e, imediatamente, os juízes têm a obrigação de suspender os mandados de prisão dessas pessoas", afirmou o procurador-geral.

O presidente colombiano disse na segunda-feira que o diálogo com as Farc "deve começar em algumas semanas".

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.