Solta menina paquistanesa cristã presa por blasfêmia

Atualizado em  8 de setembro, 2012 - 11:57 (Brasília) 14:57 GMT

Uma menina paquistanesa cristã, que foi presa sob a acusação de blasfêmia, foi libertada da prisão em Rawalpindi, informou o governo.

Na sexta-feira, um juiz ordenou sua libertação depois do pagamento de fiança de US$ 10.500.

A menina, que teria 14 anos mas com idade mental mais jovem, foi detida no mês passado depois que uma multidão a acusou de queimar páginas do Alcorão.

Na semana passada, um imã (um pregador de cultos islâmicos) foi detido preventivamente, acusado de colocar páginas queimadas do Alcorão na bolsa da menina.

O caso provocou comoção internacional e foi condenado por grupos de direitos humanos.

Blasfêmia não é um crime afinaçável, mas os advogados da menina alegaram que ela era uma criança.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.