Soros pede para Alemanha 'liderar ou deixar' o euro

Atualizado em  9 de setembro, 2012 - 14:12 (Brasília) 17:12 GMT
Foto: BBC

Soros afirma que zona do euro deveria perseguir crescimento de 5%

O investidor no mercado financeiro internacional George Soros conclamou a Alemanha a "conduzir ou deixar o euro", dias antes de uma decisão crucial sobre fundo de resgate da zona do euro pela corte constitucional da Alemanha.

Soros afirmou que a zona do euro deve perseguir 5% de crescimento econômico.

Isso exigiria que o bloco abandonasse as medidas de austeridade apoiadas pela Alemanha e aceitasse uma inflação mais alta, diz ele.

Ele também apoiou uma nova Autoridade Europeia Fiscal financiada por receitas de impostos sobre valor agregado para supervisionar as finanças dos governos da zona do euro.

Em um artigo publicado em revista New York Review of Books, o Soros disse que a Alemanha deve se tornar mais "benevolente" ou sair da moeda única: "Qualquer uma das alternativas seria melhor do que persistir no curso atual."

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.