Conflito étnico no Quênia mata ao menos 32

Atualizado em  10 de setembro, 2012 - 08:03 (Brasília) 11:03 GMT

Oficiais da Cruz Vermelha no Quênia relataram que combates provocados por disputas étnicas na região costeira do país africano mataram ao menos 32 pesoas.

De acordo com um oficial da organização não-governamental, cerca de 300 pessoas foram atacadas em um vilarejo na região do Delta de Tana.

Casas de moradores locais teriam sido queimadas e, segundo, o chefe das operações da Cruz Vermelha no Quênia, Abbas Gullet, ainda há corpos espalhados e é preciso agir rapidamente para conter a situação.

A explosão de violência envolve uma disputa de longa data entre dois grupos étnicos, os Orma e os Pokomo, sobre terras cultiváveis e acesso a água.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.