Protestos contra embaixadas dos EUA se espalham por sete países

Atualizado em  13 de setembro, 2012 - 10:51 (Brasília) 13:51 GMT

As manifestações contra um filme anti-islâmico que se iniciaram na Líbia, onde o embaixador americano e mais três pessoas morreram na terça-feira, já se espalharam por sete embaixadas dos Estados Unidos no mundo árabe e no Irã.

Os protestos se intensificaram nesta quinta-feira no Iêmen, onde a polícia e forças de segurança atuaram para conter os manifestantes, deixando muitos feridos.

Militantes chegaram a invadir o complexo da embaixada e atearam fogo a veículos estacionados.

A revolta contra o vídeo, que foi disponibilizado no YouTube, motiva protestos no Egito, Líbia, Tunísia, Marrocos, Iêmen, Mauritânia e Irã.

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, cancelou uma viagem à Noruega e a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) alertou seus soldados no país contra potenciais ataques em retaliação ao vídeo.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.