BC decreta liquidação de bancos Cruzeiro do Sul e Prosper

Atualizado em  14 de setembro, 2012 - 10:48 (Brasília) 13:48 GMT

O Banco Central (BC) decretou nesta sexta-feira a liquidação extrajudicial dos bancos Cruzeiro do Sul e Prosper.

Segundo informou a autoridade monetária em nota, o Banco Cruzeiro do Sul, que se encontrava em Regime de Administração Especial Temporária (RAET), desde 4 de junho deste ano, detém cerca de 0,25% dos ativos do sistema bancário e 0,35% dos depósitos.

Já em relação ao Banco Prosper, que teve proposta de mudança de controle para o Banco Cruzeiro do Sul não aprovada pelo Banco Central, a liquidação deveu-se, segundo o BC, a sucessivos prejuízos que "vinham expondo seus credores a risco anormal, a deficiência patrimonial e a descumprimento de normas aplicáveis ao sistema financeiro".

O Banco Prosper possui aproximadamente 0,01% dos ativos do sistema bancário e 0,01% dos depósitos, segundo a autoridade monetária.

O BC informou que continuará "tomando todas as medidas cabíveis para apurar as responsabilidades, nos termos de suas competências legais" sobre a quebra dos dois bancos.

Os bens dos controladores e dos ex-administradores do Banco Cruzeiro do Sul e do Banco Prosper permanecerão indisponíveis até o fim da apuração, acrescentou.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.