Relator do julgamento do mensalão diz que houve compra de votos

Atualizado em  17 de setembro, 2012 - 20:48 (Brasília) 23:48 GMT
Joaquim Barbosa (Foto: José Cruz/ABr)

Joaquim Barbosa disse que há 'prova robusta' de que houve esquema de compra de votos

O relator do julgamento do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, disse nesta segunda-feira que há "prova robusta" de que houve um esquema de compra de votos no Congresso Nacional e indicou que deve condenar grande parte dos acusados nesta etapa.

A etapa do julgamento do mensalão iniciada nesta segunda-feira pelo STF (Supremo Tribunal Federal) trata das acusações contra réus do chamado núcleo político, entre eles José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soares.

Entre as acusações analisadas nesta etapa estão as de crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro envolvendo partidos da base aliada em 2003 e 2004, durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.