Panasonic suspende operações na China em meio a protestos

Atualizado em  17 de setembro, 2012 - 03:34 (Brasília) 06:34 GMT

A empresa japonesa de eletrônicos Panasonic suspendeu nesta segunda-feira algumas de suas operações na China, após ataques realizados por manifestantes anti-Japão em duas de suas fábricas.

A fábrica de Qingdao ficará fechada até pelo menos terça-feira.

Uma das rivais da Panasonic, a Canon, também suspendeu as operações em três fábricas na China.

Manifestantes em diversas partes da China protestaram contra a decisão do governo japonês de comprar um arquipélago que é alvo de disputas internacionais entre os dois países.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.