Processo inflacionário não é preocupante, diz Mantega

Atualizado em  19 de setembro, 2012 - 11:23 (Brasília) 14:23 GMT

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quarta-feira que a inflação brasileira deve ficar dentro da meta e não será “preocupante” neste ano ou no próximo.

Em visita a Paris, o ministro afirmou a jornalistas que o atual cenário – com redução das taxas de juros, redução das tarifas de energia e cortes no IPI – manterão o processo inflacionário sob controle. "A inflação segue dentro da meta e vai continuar", declarou.

A meta da inflação é de 4,5%, com margem de dois pontos percentuais para mais ou menos.

A mais recente medição do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), em agosto, foi de 0,41%, com um acumulado de 5,24% nos últimos 12 meses – perto do limite superior da meta do governo.

Mantega disse também que não haverá novas medidas de estímulo econômico, mas que o crédito deve continuar em alta no país. Afirmou, ainda, que mais "30 milhões de brasileiros" ascenderão das classes D e E para a C no ano que vem.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.