Confrontos entre manifestantes e milícias matam pelo menos 4 na Líbia

Atualizado em  21 de setembro, 2012 - 23:29 (Brasília) 02:29 GMT

Pelo menos quatro pessoas morreram e quase 40 ficaram feridas neste sábado (noite de sexta-feira em Brasília) em confrontos entre manifestantes e membros de milícias islâmicas na cidade de Benghazi, na Líbia.

Os confrontos ocorreram após uma grande demonstração pela democracia e contra o poder desses grupos armados, na qual dezenas de milhares de moradores marcharam pela cidade.

Os manifestantes pediram que o governo proíba a ação das milícias, que têm se recusado a renunciar às armas desde o levante contra o coronel Muamar Khadafi, no ano passado.

As bases de diversas milícias foram invadidas por manifestantes e pela polícia.

Na sede da milícia al-Sahaty Brigade, homens armados abriram fogo contra os manifestantes.

Horas antes, os manifestantes expulsaram membros da milícia Ansar-al-Sharia de sua sede. Essa milícia é acusada de ter ligações com o ataque ao consulado dos EUA na semana passada, no qual o embaixador americano, Chris Stevens, foi morto. O grupo, porém, nega envolvimento.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.