Comandante militar do Hezbollah é ‘morto’ na Síria

Atualizado em  2 de outubro, 2012 - 15:47 (Brasília) 18:47 GMT

Pessoas que apoiam o Hezbollah acompanham vídeo do líder do grupo, Nasrallah

O grupo militante libanês islâmico Hezbollah afirmou nesta terça-feira que um de seus principais comandantes foi morto na Síria durante um ataque.

De acordo com o grupo xiita, Ali Hussein Nassif foi enterrado no vale do Bekaa, após ser morto enquanto “promovia seu dever jihadista”, mas não disse onde.

Nassif e vários de seus homens teriam sido mortos em uma emboscada do Exército Síria Livre. Outros relatos, porém, dizem que eles morreram durante confrontos na fronteira.

Os Estados Unidos acusam o Hezbollah de fornecer treinamento e apoio logístico ao governo sírio, algo que o grupo nega.

O governo libanês acredita que membros do braço armado do Hezbollah, a Resistência Islâmica, está lugando no conflito sírio, citando citando como evidência o número de enterros de “mártires” nas áreas dominadas pelo Hezbollah.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.