Los Angeles reverte decisão de proibir venda de maconha medicinal

Atualizado em  3 de outubro, 2012 - 05:33 (Brasília) 08:33 GMT

O Conselho Municipal da cidade americana de Los Angeles revertou a sua própria decisão tomada há pouco mais de dois meses, de proibir lojas que vendiam maconha medicinal.

Em julho, representantes do conselho aprovaram por 11 votos a 2 a decisão de proibir pontos de venda de maconha na segunda maior cidade do país.

Mas apesar de os locais que vendem a erva terem autorização para seguir funcionando pelas leis do Estado da Califórnia, eles enfrentam o risco de serem fechados por autoridades federais americanas.

O consumo de maconha, mesmo que para fins medicinais, segue sendo ilegal nos Estados Unidos.

Lojas que vendem maconha proliferaram em Los Angeles nos últimos anos. E muitos levantam dúvidas sobre a verdadeira natureza dos estabelecimento, sob o argumento de que usuários usam recursos escusos para obter receitas médicas.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.