México desloca 1.500 militares para o norte do país

Atualizado em  5 de outubro, 2012 - 21:27 (Brasília) 00:27 GMT

Cerca de 1.500 militares e policiais federais foram levados para Coahuila, no norte do México, após o assassinato do filho de um ex-governador.

A região onde o crime aconteceu é dominada pelo cartel dos Zetas. A vítima, Jose Eduardo Moreira, era membro de uma família importante integrante ro PRI, o partido que venceu a última eleição presidencial.

A Promotoria do México afirmou que sete policiais estão sendo investigados por envolvimento no crime.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.