Quenianos torturados ganham ação contra governo britânico

Atualizado em  5 de outubro, 2012 - 08:33 (Brasília) 11:33 GMT

O Supremo Tribunal da Grã-Bretanha decidiu nesta sexta-feira que três cidadãos do Quênia torturados durante o período colonial no país têm direito a entrar com processos por indenização contra o governo britânico.

Autoridades britânicas já tinha admitido o uso de tortura durante a década de 50, quando quenianos combateram os britânicos por sua independência no chamado levante de Mau Mau.

A partir da decisão judicial, um novo processo pode ser aberto contra o governo britânico.

Advogados dos quenianos classificaram a vitória como "histórica". No entanto, o governo deve apelar contra a decisão.

Entre 1950 e 1960, milhares de pessoas morreram durante o levante de Mau Mau contra o jugo britânico no Quênia.

A decisão levou ainda a questionamentos sobre a possibilidade de julgamentos justos hoje para crimes que aconteceram há tanto tempo.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.