Ativistas dizem que 28 mil desapareceram na Síria

Atualizado em  18 de outubro, 2012 - 04:20 (Brasília) 07:20 GMT

O grupo de direitos humanos Avaaz disse nesta quinta-feira que pelo menos 28 mil pessoas desapareceram na Síria após terem sido detidas por soldados ou milícias.

A entidade diz ter nomes de pelo menos 18 mil pessoas que sumiram desde o ano passado, quando começaram os protestos contra o governo sírio.

Um dossiê será passado ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, para investigação.

O Avaaz disse ter reunido depoimentos de familiares que testemunharam as apreensões dos cidadãos sírios.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.