Maior patrocinador do ciclismo profissional anuncia abandono do esporte

Atualizado em  19 de outubro, 2012 - 20:54 (Brasília) 23:54 GMT

O maior patrocinador do ciclismo profissional - o conglomerado financeiro holandês Rabobank - anunciou nesta sexta-feira que abandonará o financiamento ao esporte, após recentes revelações sobre a ingestão de drogas por atletas da elite da modalidade.

O CFO (Chief Financial Officer, na sigla em inglês) do Rabobank, Bert Bruggink, afirmou à BBC que havia pouca probabilidade de que o ciclismo profissional pudesse se tornar uma modalidade "limpa" nos próximos anos.

O anúncio do fim do patrocínio ocorre em meio ao relatório da agência anti-doping dos Estados Unidos sobre o uso de drogas pelo então premiado ciclista Lance Armstrong.

Na última quinta-feira, o Rabobank suspendeu o patrocínio a um de seus ciclistas, Carlos Barredo, após alegações de uso de entorpecentes, acusação negada pelo atleta.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.