Ahmadinejad é impedido de visitar prisão de Evin

Atualizado em  21 de outubro, 2012 - 16:30 (Brasília) 18:30 GMT

O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, foi impedido neste domingo de visitar a prisão de Evin, no norte da capital Teerã, devido a ordens judiciais.

No início deste mês, Ahmadinejad anunciou que visitaria a penintenciária depois que um de seus assessores mais próximos foi preso e enviado para o local, onde cumpre pena.

Para analistas, a proibição é uma amostra de que Ahmadinejad está perdendo poder ante a integrantes "linha-dura" do governo.

Funcionários do Judiciário iraniano alegaram que havia questões mais importantes para o presidente tratar, como a economia e a inflação.

Segundo eles, a visita poderia passar a impressão errada sobre as prioridades do governo.

Na prisão de Evin, estão detidos os principais opositores do governo do Irã.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.