Hungria vive dia de protestos

Atualizado em  23 de outubro, 2012 - 19:41 (Brasília) 21:41 GMT

Milhares de húngaros participaram nesta terça-feira de protestos a favor e contra o governo na capital do país, Budapeste.

As manifestações ocorreram no mesmo dia do aniversário de 56 anos do levante revolucionário contra a União Soviética.

Em pronunciamento a seus correligionários, o primeiro-ministro do país, Viktor Orban, criticou a União Europeia por elevar a pressão sobre a Hungria para um corte de gastos.

Segundo Orban, o país não pode ser "dirigido" por estrangeiros.

No protesto liderado pela oposição, o ex-primeiro-ministro do país Gordon Bajnai anunciou a criação de uma nova aliança para derrubar o governo de Orban.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.