Exército sírio diz aceitar cessar-fogo

Atualizado em  25 de outubro, 2012 - 13:34 (Brasília) 15:34 GMT
Combates na Síria em foto de arquivo (AP)

Exército disse que aceita cessar-fogo, mas retaliará eventuais ataques

O comando do Exército da Síria afirmou nesta quinta-feira que vai aderir a um cessar-fogo de quatro dias, a partir de sexta-feira, feriado muçulmano Eid al-Adha.

Um comunicado anunciado na TV estatal síria diz que, no entanto, o Exército se reserva o direito de retaliar eventuais ataques dos rebeldes.

O Exército disse que pretende responder a "grupos terroristas tentando reforçar suas posições" e combatentes de países vizinhos.

O cessar-fogo foi proposto pela ONU e pelo enviado da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.