EUA criam 171 mil vagas em outubro, mas desemprego tem ligeira alta

Atualizado em  2 de novembro, 2012 - 12:00 (Brasília) 14:00 GMT
Índice de desemprego de outubro tem importância para eleição (Getty)

Índice de desemprego de outubro tem importância para eleição

O desemprego nos Estados Unidos ficou praticamente estável em outubro, subindo ligeiramente para 7,9% depois de ter registrado uma taxa de 7,8% no mês anterior, anunciou nesta sexta-feira o Escritório de Estatísticas do Trabalho do país.

Segundo o órgão, 171 mil vagas foram criadas no mês passado – um ritmo mais robusto que o verificado nos meses anteriores. Mas analistas já vinham alertando que o crescimento das vagas tende a ser compensado pela reentrada de trabalhadores ociosos na força de trabalho.

O número de pessoas desempregadas permaneceu estável em 12,3 milhões, mas o número de pessoas trabalhando poucas horas por razões econômicas – involuntariamente, porque não conseguem achar empregos de tempo integral – caiu em 269 mil, para 8,3 milhões.

As estatísticas do emprego são as últimas a serem divulgadas antes das eleições presidenciais, na terça-feira. Analistas não creem que os números possam mudar dramaticamente o quadro eleitoral, já que as discussões sobre a economia há muito tempo dominam a campanha.

A taxa de desocupação é maior entre os negros, eleitorado onde o presidente Barack Obama tem cerca de 95% de apoio. Nesse grupo, a taxa passou de 13,4% em setembro para 14,3% em outubro.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.