Governo da Colômbia e membros das Farcs mantêm negociações em Cuba

Atualizado em  19 de novembro, 2012 - 07:57 (Brasília) 09:57 GMT

Representantes do governo da Colômbia chegaram a Cuba para negociações com rebeldes do grupo guerrilheiro Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

As negociações, que têm início nesta segunda-feira, visam pôr fim a cinco décadas de conflito e são as primeiras conversas diretas entre governo e rebeldes em mais de dez anos.

As conversas ocorrem após meses de negociações secretas que visavam trazer as duas fações à mesa de negociações.

Governo e guerrilheiros concordaram em negociar um programa de cinco pontos dos quais o primeiro talvez seja mais polêmico, é a reforma agrária.

Há esperanças de que as atuais negociações teriam mais chances de êxito do que tentativas passadas, mas nem governo ou as Farcs declararam um cessar-fogo.

As Farcs não deram um prazo para as negociações de paz, mas o governo afirma que as negociações devem durar meses e não anos.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.