Milhares protestam no Rio contra redistribuição dos royalties do petróleo

Atualizado em  26 de novembro, 2012 - 19:34 (Brasília) 21:34 GMT
Protesto no Rio contra redistribuição de royalties (AFP)

Manifestantes pedem que Dilma vete lei que redistribui royalties

Milhares de pessoas saíram às ruas do Rio nesta segunda-feira para protestar contra a lei que muda a redistribuição dos royalties do petróleo.

A lei, que aguarda veto ou sanção da presidente Dilma Rousseff, pode tirar parte dos lucros do petróleo de estados produtores, como Rio e Espírito Santo, para repassá-los aos demais estados da União.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o governador fluminense, Sergio Cabral, argumentam que a redistribuição traria perdas bilionárias ao Rio e colocaria em perigo os investimentos previstos para a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016.

Mas defensores da mudança legal afirmam que outros estados também devem se beneficiar dos investimentos da União feitos na exploração de petróleo.

Os manifestantes que se reuniram nesta segunda-feira pedem que Dilma vete a medida.

A manifestação foi promovida por diversas peças de propaganda colocadas no transporte público carioca. Segundo a Associated Press, muitos dos participantes do protesto são servidores públicos trazidos ao Rio de ônibus vindos de cidades vizinhas.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.