EUA dizem que decisão da ONU sobre palestinos é infeliz

Atualizado em  30 de novembro, 2012 - 00:14 (Brasília) 02:14 GMT

Os Estados Unidos classificaram a resolução da ONU que tornou a Palestina um Estado observador não-membro da organização como infeliz e contraprodutiva.

Israel afirmou que ela não mudará nada na região. EUA e Israel foram dois dos nove países que se opuseram à resolução, mas foram vencidos por uma votação massiva, de 138 países, na Assembleia Geral da ONU.

A mudança é simbólica, mas permite aos palestinos participar de agências e organismos das Nações Unidas.

O chanceler palestino Riyad al-Maliki disse que dará tempo a Israel para "corrigir suas ações" antes de levar o caso ao TPI (Tribunal Penal Internacional).

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon disse que a resolução é um sinal de que as negociações de paz entre palestinos e israelenses devem ser retomadas.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.