Emocionado, Obama pede ação significativa para evitar novas tragédias

Atualizado em  14 de dezembro, 2012 - 18:40 (Brasília) 20:40 GMT

O presidente americano Barack Obama fez nesta sexta-feira um discurso bastante emocionado sobre o ataque à uma escola primária em Newtown, no estado de Connecticut.

"Como país, já passamos por isso vezes demais", disse o presidente em referência ao massacre, em que um atirador abriu fogo contra alunos e funcionários, deixando ao menos 27 mortos, incluindo crianças entre 5 e 10 anos.

"Precisamos nos unir e tomar ações significativas para evitar outras tragédias como essa, deixando de lado questões políticas." Segundo correspondentes da BBC nos Estados Unidos, essa seria uma referência à aprovação de leis mais duras contra a venda de armas.

Com lágrimas nos olhos, Obama disse que acreditava que todos os pais estavam se sentindo como ele - que tem duas filhas. "Nada substitui a perda de um filho."

"A maioria dos que morreram hoje era de crianças, lindas crianças que tinham entre 5 e 10 anos. Eles tinham a vida inteira pela frente... aniversários, formaturas, casamentos, filhos", disse o presidente, após chorar e interromper seu discurso algumas vezes.

"Essa noite, eu e Michelle vamos fazer o que todos os pais dos Estados Unidos vão fazer, que é abraçar nossos filhos um pouco mais forte. E vamos dizer a eles que os amamos. Mas há famílias em Connecticut que não vão poder fazer isso esta noite. E eles precisam de todos nós nesse momento."

Ele disse ainda que governo vai providenciar todos os recurso necessários para investigar o caso.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.