Rússia admite possível queda do regime de Assad na Síria

Atualizado em  13 de dezembro, 2012 - 16:24 (Brasília) 18:24 GMT

Um alto representante do governo russo admitiu publicamente, pela primeira vez, a possibilidade de o regime de Bashar Al-Assad - seu aliado - ser derrotado na Síria.

O vice-chanceler russo Mikhail Bogdanov disse, nesta quinta-feira, que Assad está "perdendo mais e mais controle e território".

"Infelizmente, não podemos descartar uma vitória da oposição síria", afirmou, agregando que a Rússia já faz planos para a retirada de milhares de seus cidadãos no país árabe.

O correspondente da BBC em Moscou, Steve Rosenberg, diz que o comentário é significativo. "A Rússia tem sido uma firme apoiadora do regime de Assad, provendo-lhe com auxílio político e militar. O país também protegeu Assad na ONU, vetando resoluções do Conselho de Segurança que teriam aumentado a pressão sobre o presidente sírio".

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.