Primeiro-ministro da Itália renuncia e abre caminho para eleição antecipada

Atualizado em  21 de dezembro, 2012 - 17:12 (Brasília) 19:12 GMT
Mario Monti

Mario Monti já havia avisado que deixaria cargo imediatamente após votação de orçamento

O primeiro-ministro italiano, Mario Monti, renunciou nesta sexta-feira, depois que o Parlamento em Roma deu sua aprovação final ao orçamento para o próximo ano.

Monti já havia avisado que deixaria o cargo imediatamente após a votação e apresentou sua renúncia ao presidente Giorgio Napolitano.

Sua renúncia foi provocada pela retirada de apoio do partido do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi e abre caminho para uma eleição antecipada, prevista para fevereiro.

Monti é amplamente reconhecido por sua atuação para evitar que a Itália sucumbisse à crise da dívida.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.