Polícia proíbe protestos contra estupro coletivo no centro de Nova Délhi

Atualizado em  23 de dezembro, 2012 - 07:22 (Brasília) 09:22 GMT

A polícia indiana proibiu protestos na região central de Nova Délhi contra o estupro coletivo sofrido por uma estudante de 23 anos dentro de um ônibus na semana passada.

No sábado, manifestantes enfrentaram a polícia quando tentavam seguir em passeata até o palácio presidencial.

Eles pediam a pena de morte para os presos pelo ataque.

A polícia fechou o acesso à região do palácio e afirmou que os protestos podem ocorrer somente fora da região central da capital indiana.

O ataque ocorrido no domingo provocou comoção no país e levou a manifestações pelo aumento da segurança das mulheres.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.