Votação do Orçamento da União fica para fevereiro, diz senador

Atualizado em  26 de dezembro, 2012 - 17:32 (Brasília) 19:32 GMT

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) informou nesta quarta-feira que o Orçamento de 2013 da União só será votado em 5 de fevereiro, após o recesso parlamentar.

O Orçamento ficou refém do impasse político envolvendo a votação dos vetos da presidente Dilma Rousseff à lei de distribuição dos royalties do petróleo.

A decisão, disse Jucá (que é relator geral do Orçamento), foi tomada após entendimento entre a base aliada e a oposição.

O fato de o país começar o novo ano sem o Orçamento aprovado fará com que alguns gastos e investimentos tenham de ser decididos por Medidas Provisórias.

Para não esperar pela aprovação do Orçamento, Dilma havia assinado decreto reajustando o valor do salário mínimo de R$ 622 para R$ 678 a partir de 1º de janeiro.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.